O maior e melhor Brasileiro da história

Que de agora para frente seja menor e pior do que o próximo. O 41º Campeonato Brasileiro / 9º Para Campeonato Brasileiro Goiânia 2015, foi um sonho realizado. Um ano de muito trabalho traduzido em 5 dias que marcaram a história do esporte no Brasil.

251 atletas presentes, recorde de inscritos. Isso por si só já é um grande feito. Mas teve muito mais. Pela primeira vez, um Brasileiro teve dois locais de competição. Os Rounds Qualificatório e Eliminatório realizados na excelente estrutura do Complexo da Serrinha - Goiás Esporte Clube. Um clube que abriu as portas e inaugurou a "Era Goiás Esporte Clube do Tiro com Arco", como bem disse o diretor social do clube, Aledino Mendes.

Toda a infraestrutura dos melhores eventos mundiais. Facilidades para atletas e público, transporte de qualidade e no horário e a satisfação de todos os presentes. Uma ampla cobertura de mídia, aproveitando o momento olímpico Brasileiro. E para coroar o evento, as finais no icônico Centro Cultural Oscar Niemeyer. Com transmissão ao vivo, telões, narração e tudo que permeia os maiores eventos mundiais do esporte. Foram dias incríveis que algumas fotos traduzem melhor do que palavras. Mas um agradecimento especial é necessário, ao amigo Henrique Junqueira, que também não mediu esforços e coragem, para fazer o evento acontecer.

Essas foram as palavras de agradecimento após o evento:

Terminou hoje o Campeonato Brasileiro Goiânia 2015 . Parabéns a todos os campeões. Desta vez não deu para vencer, mas fica a sensação do dever cumprido e de ter sonhado e ajudado a realizar o maior Campeonato Brasileiro da história. Hoje foi um dia histórico para o esporte, pois um novo patamar foi criado. O que mais desejo é que este seja, de agora pra frente, o pior campeonato de todos. Ter conseguido colocar o "desconhecido" Arco e Flecha dentro do Goiás Esporte Clube que criou a "Arena Goiás Esporte Clube de Arco e Flecha" e ter realizado a final no Centro Cultural Oscar Niemeyer, local icônico de Goiânia, com toda a infraestrutura digna dos maiores eventos mundiais, foi mais um sonho realizado no esporte. A gente sempre quer mais e o título em casa seria maravilhoso. E não perdi por ter sido o organizador do evento, apenas perdi pois meu adversário Rodnei Ramos foi melhor. E ver um amigo como Daniel Martini vencer e brilhar é fantástico. Há um ano atrás, exatamente no dia 01/11/2014, eu vencia o Campeonato Brasileiro do Rio de Janeiro. Hoje não venci no campo, mas o esporte que eu amo venceu como um todo. E se o esporte vence, eu ganho junto. No primeiro dia, fizemos um discurso, de que desejaríamos que este evento ficasse na memória e no coração de cada um que participou. Se tivermos cumprido este desejo, valeu a pena!

Obrigado a todos que fizeram este sonho possível. Obrigado a todos os patrocinadores. Obrigado a minha esposa Tatianne Vaz pelo carinho de sempre.

E obrigado a todas as pessoas que fizeram acontecer: Henrique Junqueira Campos, Roberval Dos Santos, Alexandre Vecchio Passerini, Petra Sanchez Ruocco, Marcelo Costa, Iwana Napoli, Thiago De Castro Gonçalves Pereira, Thyago Tonneto, Gladston, Rael Saltarello, Joachim Gögel, Jane Karla Rodrigues, Franco, Altair, Sara, Isabela, José Augusto Roriz, Moisés Roriz, Andrey Muniz de Castro, João Neto, Stênio, Zé Carlos, Mateus, Claudinha,

Equipe de Arbitragem: Laís Nunes, Clóvis, Tiago Louzada,Fernando WOlff, Elizete Perin, Nabil Hussein, Roni e Rafael.

À CBTARCO na pessoa do Eros Fauni e Vicente Vicente Fernando Blumenschein.

Ao Andre Joao Muraro, Miguel e Alexandre do Paraná pela força incrível.

Voltem em paz para suas casas. Sigam disparando sempre suas flechas rumo a grandes alvos.

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
No tags yet.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square