O esporte em minhas mãos

Artigo publicado no Jornal O Popular - 07/06/07

O esporte em minhas mãos Hoje eu fui fogo. Na extensão de minhas mãos levei muito mais do que uma chama, levei comigo um símbolo! Até então não acreditava em espíritos, mas o espírito esportivo me confirmou sua existência. Carreguei o esporte em minhas mãos. Fui um brasileiro orgulhoso do meu país, da minha cidade e do nosso povo. Agradeço ao Arco e Flecha a oportunidade de ser um atleta e estar aqui. Carreguei comigo arcos, flechas, bolas, barcos, piscinas, pistas, levei o esporte, essa chama magnífica que encanta e nunca se apaga. Olhar para a tocha em minhas mãos, respirar o mesmo oxigênio que alimentava seu fogo, foi uma grande emoção. Eu via naquele símbolo a realização de um povo. A prova de que o Brasil também é capaz de realizar um grande evento. Ao entregá-la ao meu próximo companheiro, um triatleta que pelo esporte venceu um câncer, entreguei a ele a responsabilidade de seguir com o espírito esportivo aceso. Na lembrança fica o orgulho de ter feito parte do revezamento, de ter sido oxigênio para aquela chama e de saber que o esporte sempre vencerá!

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
No tags yet.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square